terça-feira, 30 de junho de 2009

Mais Billie Jean...

... agora com a Amanda Palmer:

* Dramático como ela gosta.

* O que vocês acharam da versão da mesma música feita pelo Caetano? Está lá no blog do Matias. Como todo banquinho-e-violão em clima bar-da-Vila-Madalena, eu dormi no meio.

domingo, 28 de junho de 2009

God Help The Girl

God Help The Girl no NY Times

* A revista do The New York Times fez uma matéria de quatro páginas com o Stuart Murdoch (aquele loirinho tímido e frágil por trás do Belle & Sebastian) e seu novo projeto, o God Help the Girl. São 6 cantoras diferentes, escolhidas em auditions, cantando sobre amores, sentimentos, doenças e o cotidiano, com o próprio B&S como banda de apoio. Ou seja: mais parece a mesma banda escocesa, mas com várias Isobel nos vocais.

* Eu não me canso do indie-la-la-la tchu-ru-ru, mas sei que o disco não vai agradar os que não aguentam mais esse tipo de chororô.

* Voltando à matéria do NYTimes, algumas coisas que eu não sabia sobre o Murdoch:

- ele tem 40 anos! Corpinho de 12.
- é casado com uma fã, fotógrafa de Boston, que foi falar com ele após um show nos EUA.
- "He has a weakness for the ladies", vejam só... Eu sempre achei que ele fosse gay.
- teve problemas sérios de saúde na adolescência e desde então é um "churchgoer", de cantar no coral da igreja e tudo.
- teve anorexia
- recebeu uma fan letter do produtor Barry Mendel (de “Rushmore” e do próximo filme do Judd Appatow, “Funny People”). O cara se empolgou com o roteiro indie-musical do Murdoch e as filmagens estão previstas para começarem no ano que vem.

* A banda não é uma banda propriamente, como ele explica na matéria. Ela surgiu para ser uma trilha ao roteiro que Murdoch vem escrevendo há aaanos para um musical, o "God Help The Girl". Selecionou as meninas, chamou os amigos para um backup, e só então ele percebeu que escrever música era muito mais fácil que escrever um roteiro.

* E foi assim que -e eu acho que isso é inédito, a trilha sonora de um filme saiu antes do próprio.

* O CD foi lançado na semana passada, mas as músicas já corriam a internet há um bom tempo. Abaixo, o vídeo para "Come Monday Night". O moço da história, apesar de ser quase uma versão britânica do Matheus Nachtergaele, é o mesmo cara que fez o papel de Bernard Sumner no filme Control:

* A parte mais bizarra da matéria, no entanto, vem logo no começo, quando o NYTimes explica didaticamente o que significa o termo "indie". Ainda precisa? Highlight para a parte que diz " música que não vende muito bem":

"Indie pop is literate, low-fidelity, oft-downbeat music that doesn’t sell very well and is usually distributed by undercapitalized independent record labels."

* A primeira foto é do NYT, mas as outras duas são do site oficial. Só tem foto linda lá. Outros links:

--> Para ouvir: [ MySpace GHTG ]


--> Para ler a matéria do NYT: [ Songs about Feelings and Women ]

--> Para saber mais: [ Wikipedia ]

sábado, 27 de junho de 2009

The Decapitator no Brasil?

Heads Will Roll!

* Eu sempre dou uma visitada no Flickr do Decapitator, só para saber por onde ele anda. 

* E não é que hoje entrei lá e dei de cara com umas intervenções dele na Oscar Freire (acima) e no Shopping Iguatemi (abaixo)?? Como assim???

* Ele é aquele cara (ou mulher?) que adora decapitar pessoas em outdoors e anúncios publicitários na rua. Normalmente suas vítimas eram mulheres magérrimas, mas agora o "artista misterioso" tem sido mais flexível. Ele arranca as cabeças das imagens e coloca, além de sangue, um ossinho bem simpático no lugar.

* Fica assim:

ANTES:


DEPOIS:

* Ele ficou mais conhecido no comecinho do ano passado quando conseguiu roubar centenas de jornais em Londres e arrancar a cabeça do Beckham da última página do jornal:

ANTES:


DEPOIS:

* Gênio! Vou ficar de olho porque certamente ele deve estar arrancando cabeças no Rio de Janeiro agora!

* No vídeo abaixo, ele mesmo mostra como foi feita a intervenção nas fotos do Beckham. Do roubo do jornais às cabecinhas coladas uma a uma! Adoro a trilha dramática com "Carmina Burana", haha. Olha o trabalho que deu:

Não Se Reprima

* Não estou acreditando até agora nessa propaganda da Batavo com uma versão acústica de "Não Se Reprima" do Menudo:

* Não consigo nem me concentrar direito no filme para saber se ele é bonitinho ou não! Mais parece uma paródia de todos os outros filmes de publicidade que a gente tem visto nos últimos dois anos: aquela coisa meio Amélie Poulain com musiquinha fofa tchururu e cenas "filme de arte". Mas pelo menos não tem aquela voz em off, né?

* Para relembrar o original (adoooro), Menudo cantando "Não Se Reprima" no Viva A Noite! "Viva! Viva!". Detalhe: eles chegam ao programa de bicicleta e usando aqueles "catsuit" a la Lovefoxxx. Clássico:

When Jacko died I was...

Tirei da galeria de fotos da NME

* Todo mundo vai ter uma historinha para contar do "que estava fazendo quando Michael Jackson morreu". Menos eu.

* Além de não estar fazendo nada, eu só fiquei sabendo do alvoroço às dez da noite. Eu estava dentro de uma biblioetca, sozinha, concentrada, inspirada. Sem celular, TV, computador e pessoas histéricas.

* É muita "Lei de Murphy" para uma pessoa só, Brasil! Eu resolvi me desligar do mundo justamente no dia em que o mundo passava por um "11 de setembro" do Pop.

* Quando resolvi ligar o meu celular, lá pelas 10pm, o primeiro sms dos outros 15 sobre o assunto era uma piada. Entendi a piada, mas não entendi o motivo daquela pessoa estar me mandando uma piada sobre o Michael Jackson no céu. Até chegar no primeiro sms mais desesperado (uma bronca, na verdade, estilo "Cadê você, porraaa") e entender "mais ou menos" o que tinha acontecido.

* Para piorar, chego em casa e... Zero de internet. Não pude nem acompanhar o restinho dos tweets inconformados. Falei com alguns amigos e resolvi dormir. E me senti super old-school quando liguei a TV no Jornal da Globo para ver a notícia. Pensa, saber de alguma coisa pela TV hoje em dia é quase que um lance Amish, se eles já tiverem evoluído um pouco.

* Vou ter que dizer isso aos meus filhos: "Sorry, kids, mas a mamãe não estava no twitter quando ele morreu".

* Para não tornar a coisa mais FAIL do que ela já foi, não vou prestar homenagem alguma ao King of Pop porque o mundo já fez isso por mim. Só vou colocar aqui uma versão fofa de "Billie Jean" (a minha preferida) feita pelo Belle & Sebastian, ao vivo. Tem muito mais a ver com o blog:

* o Guardian fez uma galeria com as 25 melhores capas de jornal sobre a morte do Jacko no mundo: 

* A foto que abre a galeria é essa que coloquei no meio do post, do jornal carioca Extra. Para ver todas as outras clique aqui.

*** UPDATE: esqueci de botar um crédito! A música do B&S eu tirei do blog The Music Slut!

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Je vous présente la... Cigana Do Oriente!

* Nunca fui de ler horóscopo e até hoje não sei qual é o meu ascendente, mas a febre Susan Miller do Twitter quase criou um monstro aqui. Eu digo "quase" porque apesar de clicar no site dela toda vez que alguém grita um "Susan Miller Alert!" no comecinho do mês, eu nunca tive muita sorte com suas "previsões".

* Ela erra absolutamente tudo comigo. Ok, usando de muita boa vontade e de uma espetacular criatividade na interpretação de texto, eu até consigo ver semelhanças, mas...

* E daí um amigo, sabendo dessa minha frustração cósmica, gravou um trecho de um programa bizarro de rádio e me mandou. É uma cigana, gente. Ela sim é absoluta! 

* Analisando a Cigana do Oriente em cinco minutos de áudio:

--> Ela usa Gipsy Kings de música de fundo! BG animadíssimo.
--> Tem um sotaque latino qualquer sabe-se lá de onde, mas às vezes cai no carioquês com mineirês.
--> É para quem "acredita na força oráculo, que aprecia a energia cigana..."
--> Disque-Cigana-do-Orientêê: Ela faz consultas por telefonêê, 2 reais por minutôô
--> Por favor: no minuto 02:50 ela dá uma risada maligna e passa "pausadamente" boas dicas para o amor!
--> A macumba superstição do amor depende de uma boa e grrrande maçã
--> A Cigana usa o gerundismo nas horas tensas: "procure estar raspando a maçã"
--> Tem merchan do perfume Encanto Cigano. "Adquirindo o perfume, você ganha o CD da trilha do programa Estrela do Oriente"!

* Je vous présente... La Cigana:

* Áudio da Rádio Mundial (95,7), gravado via iPhone pelo amigo paciente. Que pérola.

domingo, 14 de junho de 2009

Ai, Serge...

* Um post quase que irmão do post de hoje da Kakau. Fomos ver ontem, debaixo de um friozão de cortar o rosto, a exposição sobre o Serge Gainsbourg no SESC Paulista.

* Eu tenho um certo fascínio por esses caras que a gente ama dizer que ama, mesmo que talvez não conseguisse passar um mês ao lado deles. Esses homens que têm musas, não namoradas. Que têm uma Gala, uma Frida, uma Birkin, uma Bardot, mas nem se importam. O tipo de coisa que parece instigante visto de fora, mas um pesadelo vivido de dentro. O sexo sem neura, as orgias, as brigas seguidas de reconciliações memoráveis, as traições consentidas, música, pintura, fotografia, festas... Quando digo "fascínio" não é uma vontade de querer fazer parte, é uma curiosidade, só isso. De saber como é de fato ser (e viver com) um hedonista. E como eram/são as mulheres que convivem/conviveram com isso. 

* A exposição é maldosa. No bom sentido: tem francês sussurrado em alto e bom som do começo ao fim, enquanto você passeia por um labirinto visual de espelhos, sons e imagens que mostram todas as fases do artista. Some-se a isso fotos das musas, fotos do Serge, fotos do Serge com as musas em posições quentes e em tamanho natural (!!!), trechos de filmes, entrevistas, canções de putaria chique... Quase que uma lavagem cerebral. É sair de lá e se jogar na primeira agência de viagens pedindo uma passagem só de ida para Paris.

* Para invejar toda a versatilidade e "carisma" do Gainsbourg:

--> Serviço: 

"Gainsbourg, artista, cantor, poeta, etc" // GRÁTIS! // @ SESC Paulista // Avenida Paulista 119 // Até 7 de setembro // o SESC fecha às 20h // Fone: (11) 3179-3700 // Da Revista Época: "A exposição é dividida em quatro períodos da história do homenageado: O “período azul” (1958-1964), Os ídolos (1965-1969), A decadança (1969-1979) e Ecce homo (1979-...). "

* Saindo ainda meio hipnotizada de lá, suba até a cobertura, onde fica o café. Parada obrigatória para os quitutes juninos e para a vista linda da Paulista:


* Olha que boa idéia os cardápios em forma de bandeirinhas juninas:

* Nós experimentamos o cuscuz de sardinha, o bolo de rolo e o chocolate quente. Todos deliciosos, mas o cheiro do quentão era o mais chamativo (não gosto muito). Tudo fresquinho: doces de abóbora, de côco, pé de moleque, sopa de abóbora... Delícia! Programa perfeito para um dia cinza como o de hoje!

* Para encerrar, claro:

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Heart.Shaped.Post

* Hoje é aquele dia em que todo mundo tem o direito dever de ser brega ! Se joguem. =)

1.

2.

3.

4.

5.

6.


ps: tirei todas as fotos açucaradas acima do arquivo do meu Flickr e do meu Fotolog mesmo. 

* Legenda: 1. Estúdio da TRIP FM / 2. Docinho fake de abóbora, feito com batata-doce e que eu amo / 3. Ordem explícita "pra já" tirada do banheiro da Casa Belfiore / 4. Aniversário da Miss Má, 5 anos atrás, em clubinho "emo" / 5. Bolsinha para transportar, sem muita organização, CDs no carro / 6. Porta do armário de cozinha da amiga Roberta Martinho.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Popload Gig: Resumão!

Popload Gig @ Clash

* Então... Não foi divertido? 

* Minha única reclamação vai para o preço das bebidas no Clash. Paguei quase R$20,00 por 3 garrafinhas de água. A cerveja, que era mais barata que o refrigerante ($7,00, juro), estava em promoção por R$5,00, mas tinha o tamanho de uma latinha de energético! Desde quando isso existe? 

A Kim é feliz assim o tempo todo?

* O Lúcio já colocou lá na Popload todos os vídeos e fotos, mas eu queria "embedar" aqui o vídeo-resumo do festival pelas lentes do pessoal do iG. Em pouco mais de sete minutos, o que rolou de melhor nos dois dias de Gig:








--> Links:

* Trechos dos shows:

[ Holger @ Popload Gig ]

[ Matt & Kim @ Popload Gig ]

[ No Age @ Popload Gig ]

[ Mickey Gang @ Popload Gig ]

[ The View @ Popload Gig ]

* Fotos do Gig por Ulisses Barbosa:

Fotos Popload Gig

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Popload Gig: é amanhã!

* ATENÇÃO: o preço promocional - R$40,00 - só vale até HOJE!

* O Lúcio está fazendo uma série "5 Motivos Para Você Não Perder O Popload GIG". Se você ainda tem alguma dúvida, dá uma olhada lá para decidir logo.

---> As Bandas:

* SÁBADO:

Holger - "Brand New T-Shirt" @ Poploaded








No Age - "Eraser"


Matt and Kim - "Lessons Learned"


* DOMINGO:

Mickey Gang - "Born In The 90's"


The View - "Same Jeans" (acoustic)


---> A Camiseta:


---> Serviço:


* Datas:
Dia 6 - Clash Club - 
Matt & Kim
 / No Age / 
Holger


Dia 7 - Clash Club - The View / 
Mickey Gang


* Horários:
Início dos shows no dia 06 de Junho: 20h30
Início dos shows no dia 07 de Junho: 21h00

* Clash Club: Rua Barra Funda 696 – Barra Funda – São Paulo – SP // Telefone: 11 3361-1500

* Valor dos ingressos:

R$ 40,00 ingressos promocionais (não cumulativo) antecipados até o dia 05 de Junho de 2009
R$ 50,00 (meia-entrada), R$ 100,00 (inteira) – ingressos vendidos na hora.

* Pontos de venda:

American Apparel
Rua Oscar Freire, 433 – Jardins – São Paulo - SP
Tel.: (11) 3894-3888
Horário de atendimento: Seg. a Sex.:10h – 20h

Japonique
Rua Girassol, 175 – Vila Madalena – São Paulo – SP
Tel.: (11) 3034-0253
Horário de atendimento: Seg a sex.: 10h – 19h. Sáb.: 10h – 17h