quarta-feira, 21 de abril de 2010

Viciei: "Communist Daughter - Not The Kid"

Communist Daughter

* Eu não consigo parar de ouvir o álbum de estréia da banda Communist Daughter, de Minneapolis (hoorray!). É melancólico, já aviso, mas a voz do (vocalista) Johnny Solomon compensa qualquer tristeza que saia das letras de um cara "auto-exilado" em um fim de mundo qualquer de Wisconsin.

* O nome do disco já entrega o clima denso: "Soundtrack to the End". E o nome da banda, para quem já se perguntou, vem sim daquela música linda do Neutral Milk Hotel.

* A primeira música que ouvi foi "Not The Kid", tão linda que anexei o vídeo abaixo só para convencer os que têm preguiça de ir ao MySpace ou de baixar o CD. Linda de verdade. E, sorte de vocês, é a mais "alegrinha" do disco. Folk-pop-rock dos bons:

* Johnny Solomon, pelas duas únicas entrevistas que consegui achar, parece o típico caipirão (no offense!) barbudão, esquisitão, quietão, que não se sente à vontade na cidade grande...

O motivo que o levou a sair dela ele não revela, mas o fato é que ele passou dois anos isolado compondo no porão do restaurante que abriu na minúscula cidadezinha de Prescott (4 mil habitantes, na divisa do estado de Minnesota com o Wisconsin). Chamou os amigos quando tudo estava pronto e foi ali mesmo que eles ensaiaram o CD todo, sempre depois que o "chef" Solomon largava a cozinha, já tarde da noite.

--> Para baixar:

[ Communist Daughter - Not The Kid.mp3 ]

--> Para ouvir mais:

[ MySpace: Communist Daughter ]

Nenhum comentário: