domingo, 7 de janeiro de 2007

Viciada em Seriados. E agora?

Um final de semana todo dedicado a seriados americanos que valem à pena.

Eu cheguei a conclusão que ser roteirista nos EUA é um negócio e tanto. Ou ser figurante. Não falta trabalho nunca. E lá você não vai precisar escrever minisséries de época! Perfeito!

(Quase)Completei a primeira temporada de:

** "Veronica Mars": bem adolescente, mas eu precisava de alguma coisa para preencher o espaço do The O.C., que ficou chato e acaba de morrer para todo o sempre. Às vezes, e isso é bem viagem minha, a série me parece um Twin Peaks para criança. Principalmente pelo xerife corrupto e pelos moradores que escondem segredos. Quer dizer, é só por causa disso. Não tem nada de David Lynch nele, esqueça. Nessa primeira temporada eu fiz a festa com os melhores erros de tradução da história. A legenda é uma diversão à parte. Vou colocar a lista aqui depois, mas a preferida foi quando Veronica disse ao pai: "I'm old school, dad". Legenda: "eu sou velha na escola, pai".

obs: acabo de perceber que tenho mais 2 DVDs inteiros para ver. Enquanto isso, Veronica Mars já está mais esperta que o MacGyver e Jack Bauer juntos.

** "HEROES": um LOST urbano. Um monte de perguntas, um Sayid indiano, uma Ana Hickman bem doida, um Walt bem espertinho, um Jim japonês meio Harry Potter... estão todos lá. A vantagem é que eles explicam mais as coisas e você não fica boiando em casa episódio. A desvantagem é que os atores são bem fraquinhos. A Ana Hickman é um fiasco, e o enfermeiro está entre um Emo e um Donnie Darko. Eu amo Hiro.

** "Grey's Anatomy": eu odeio seriado em hospital. Nunca vi um episódio do ER, e se vi, foi só para espiar o George Clooney. Vi a caixa toda (a primeira temporada é curta, 7 episódios) meio que obrigada por um amigo e até chorei, quis ser médica, desisti da idéia, senti orgulho enorme dos meus 4 primos médicos, senti pena, entendi porque um cirurgião merece respeito, aprendi que erros médicos acontecem e que se algum cirurgião esquecer uma toalha dentro de você isso não é tão grave, e... virei hipocondríaca. Marquei duas consultas para essa semana. Fiquei feliz por reencontrar o Patrick Dempsey, que era juntamente com o John Cusack, minha paixão na adolescência. Eu adorava os papéis nerds que ele fazia nos anos 80.

No Wikipedia dá para saber tudo sobre as séries: spoilers, furos, trilha sonora, etc.

Fora isso, ainda acompanhei com muita seriedade: "America's Next Top Model", "Hell's Kitchen", e "Troca de Esposas". Adoro.

** Take me to your dealer **

Sabe o que eu descobri? Que tem um cara que vende dvd via delivery. Ele vai até a sua casa com uma maleta tipo 007. Ela vem recheada de filmes e seriados, com temporadas completas!!! Com menu! Com legenda! É o futuro.

10 comentários:

ju disse...

Eu também adorava Patrick Dempsey e seus filmes. Can Buy Me Love era o meu preferido.

Pamela disse...

Cara, se curte dar umas boas risadas, precisa ver "Scrubs". Melhor série em hospital de todos os tempos. Perdeu a força ao longo das temporadas, mas nunca foimenos que ótima. Dr. Cox é tipo meu ídolo.

Também recomendo pra todo mundo "My Name Is Earl" e "Weeds". Ambas estão na segunda temporada e estão entre as melhores séries atuais.

"Monk" também vale muito a pena. Já virou clássico.

Ah, se continuar viciada em seriados como eu também ando ultimamente, fuja de "Jericho", no caso de, como eu, ficar empolgada com a premissa. É de dar sono logo no primeiro episódio.

;D

Bean disse...

eu AMo "My Name's Earl". Para mim, ele é mais bonito e cool que o novo James Bond. Não é?
Ele só não entrou na lista porque ainda não acabei a primeira temporada. Ganhei o box de aniversário e foi o melhor presente de 2006!!!
Scrubs ainda acho um pouco chato. E Jericho não vi ainda mas foi super recomendado a mim por um outro viciado...sério que vc não gostou?

lemp disse...

Pô... scrubs é o ápice dos seriados em hospitais. Dr. Cox é meu ídolo master. Quando crescer quero ser impaciente como ele. Hehahe.

Pamela disse...

hahaha, que foda! então, prepare-se, porque a segunda temporada de "My Name Is Earl" tá ainda melhor! ainda não sei como o bigode irônico do Jason Lee não virou moda!

"Jericho" tem um elenco brochante demais! supera até aquele povinho sem sal do "Heroes", que ao menos tem uma trama instigante e bastante ação.

eu tô com duas séries novas aqui, "Dexter" e "Studio 60", que têm sido bastante elogiadas. foram devidamente baixadas, mas ainda não tive tempo de assisti-las. já viu alguma?

na minha lista, também preciso prestar contas com a versão americana do "The Office". okay, Ricky Gervais é insuperável e até achei desaforo transportarem a série pros EUA. mas Steve Carell é tão foda que quero arriscar.

Angelo disse...

Scrubs é muito bom, do mesmo produtor e com o mesmo estilo cínico do lendário Parker Lewis. Jericho é mesmo uma porcaria. Baixei os seis primeiros episódios e depois desisti. Minha série preferida é Deadwood. Sempre recomendo, mas quase ninguém gosta.

line disse...

eu adoro a cena do Hiro chegando em NY...."NY!!!! Britney speaaaars!!!!" hahaha... mt bom!!!

Bean disse...

* Ainda não vi Dexter e Studio60, depois me avise se vc curtir.
* Scrubs para mim, depende do meu humor no dia. Às vezes não acho a menor graça, estranho. Mas já que todo mundo gosta, vou tentar ser menos intolerante.
* Hiro é o melhor de todos, adoro quando ele grita YAHOO!!!! e quando ele faz o barulho da bomba KABUUUM!
*Deadwood é dramalhão, não é Angelo? Ou estou confundindo?

Angelo disse...

Deadwood é um western da HBO que passa no FX. E tem o Al Swearengen, um dos melhores personagens que já inventaram.

Bean disse...

ah tá! confundi com Everwood.
hahahaha