segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Aos 16. Aos 26. Aos 66.

* Que mundo mais bizonho.

* Quem disse as frases abaixo? A Mallu (16), a Suzana (66) ou a Vanessa (26)?

1- "O Marcelo me beijava muito. Imagina se eu não gostava? Eu, que sempre gostei de sexo, amor e carinho? Se ele me completava nesse departamento, não precisava falar de museu."

2- "Não gosto da presunção, do hábito de se levar muito a sério"

3- "Foi (um processo) doloroso, quase que (um processo) pungente, atormentador"

* Lembrei agora da Revista da Folha. Aquela seção "Quem Diria: As Máximas em Qualquer idade", sabem? Sempre leio aquilo.

* Bem, a "Vanessa" entrou aqui por tabela, coitada, não deveria. Por questão de efeito (de idade) e por outro motivo que explico lá embaixo. Vamos às moçoilas:

Frase 3, Aos 16: Mallu Magalhães

* Um amigo me alertou quando a Mallu apareceu no Serginho Groisman, mas me deu preguiça de ver. Daí o Matias postou este vídeo editado e comentado e não acreditei. Coitado do Wagner Moura. Coitada da Flávia Alessandra. Eles saíram dali sem fé na humanidade. Parabéns ao paciente que editou isso:


* Sei que a frase 1 poderia ter saído da boca da Mallu, mas acho que o Marcelo Camelo deve até curtir um museu de vez em quando, então, resposta errada.

Frase 1, Aos 66: Suzana Vieira

* Nem sabia qual frase da Suzana Vieira (na VEJA desta semana) eu deveria escolher. Isso sim é novela, gente. Isso sim é tablóide pra gente fina ler:

[ Entrevista "bombástica" da Suzana Vieira para a Veja ]

Frase 2, Aos 26: Vanessa Barbara

* Eu tenho que admitir que nunca tinha ouvido falar na Vanessa Barbara. Eu também não assino o Estadão, e vejam só como são as coisas... Só cheguei na menina acima por causa da Suzana Vieira! Ou melhor, porque comprei o pacotão Estadão + Veja por x reais de desconto. =)

Pois bem. Lá no finalzinho do Caderno 2 tem uma seção chamada "Antologia Pessoal", que ontem continha uma entrevista com ela sobre livros e livros e mais livros. Não conheço essa seção do jornal e não sei se é sempre assim e sobre isso, mas achei bem interessante. 

Fiquei imaginando como eu responderia todas aquelas perguntas e me deu um desespero. Eu me dei conta que, apesar de ser alguns bons anos mais velha que a "jornalista, tradutora e escritora Vanessa", não tinha nem um terço da "bagagem literária" que ela tem. Sabe aquele "fón fón fón fón" de desenho animado? Foi o que tocou depois que comecei a tentar bolar as minhas respostas.

E foi assim que, em questão de segundos, eu joguei toda aquela minha recém-adquirida superioridade "não-era-tão-mané-assim-aos-16" + "nunca-cairia-nessa-aos-16-muito-menos-aos-66", por uma humilde sensação de inferioridade "poderia-ter-feito-muito-mais-aos-26".

* Vanessa Barbara, conforme aprendi, além de tradutora, escreve para a Revista Piauí, é colunista do Estadão, escreveu 2 livros e edita o site A Hortaliça. Ufa. Abaixo, a humilhante entrevista ao Estadão:

[ Antologia Pessoal com Vanessa Barbara ]

10 comentários:

Gustavo Miller disse...

Puts, eu li o Antologia com a Vanessa. Fiquei me sentindo a pessoa mais burra do mundo.

Depois dessa eu poderia estar lendo, mas são 4h da manhã e estou na internet... =/

Anônimo disse...

....provando que idade não traz sabedoria para ninguém.....

Malu...ingênua??????

Vanessa...intelectual?????????

Suzana...infantil???????

Paulinha disse...

Sem comentários...

Pedro Beck disse...

Bean, e eu achei que competiriamos para sempre no slow-blogging. Você tá postando demais. Para com isso! :)

Bean disse...

haha eu tbem, Beck! já estava quase "pedindo pra sair"!
vou lá fuçar o teu blog pra ver por quanto tempo vc amarelou...

Anônimo disse...

Bean, obrigado por voltar. Escreva muuuuuuuuuuuuuito, acho seus posts sutis. bjos

Anônimo disse...

Bean,bom dia!
Ufa, vc voltou!
Passei esperando novidades e achei.
Feliz 2009!

Bean disse...

Por que os anonimos não colocam nome??? =( Quero saber quem são!
Respondendo: definitivamente idade e sabedoria não andam juntas, infelizmente. A gente vai cometer aos 66 os mesmo erros que cometia aos 26, e por aí vai.. Mas acho que se idade nao traz, necessariamente, sabedoria, pelo menos um pouquinho de noção a gente ganha. haha
Beck e Miller: respondi no blog de vcs mesmo!
bjs

Anônimo disse...

Muito tosco o vídeo da Mallu...

Um horror....

Sandra disse...

UUUUUUUUUUUUUUUUUUUU Malu............