domingo, 2 de setembro de 2007

Bean Antonieta

Se liga no meu quarto de Rainha

* Eu estou morando numa casa muito estranha. Uma Torre de Babel, com pelo menos oito nacionalidades diferentes. Isso já seria suficientemente interessante, se a casa não fosse um labirinto a ser explorado diariamente.

* Pelo que eu entendi até agora, são duas casas enormes em uma. Contei 25 quartos, pelo menos. Corredores estreitos com pinturas do teto ao chão, levam aos quartos "temáticos". Outro corredor liga uma casa a outra.

* Dos quartos temáticos, eu fui a sortuda que pegou o da "Realeza". Um amigo está no quarto "Caçador", por exemplo, e tem oncinhas nas estampas e cabeças de veado na parede. Uma de cada lado da cama.

Tem anjos e espelhos no teto, gente

* A dona da casa, Mrs Myers, é ex-aeromoça da British Airways e um dia resolveu transformar seus palacetes em uma pensão para alunos estrangeiros. Segundo ela, como tinha "talento para design interior", mexeu no que pôde e no que não pôde, até chegar no labirinto de hoje.

* Derrubou paredes, levantou outras, fez corredores, colocou banheiros em todos os quartos, escondeu passagens e portas com pinturas, criou temas e abusou das (falsas) colunas gregas. Ela também tem um certo fascínio por uvas.

* Eu diria que é uma das coisas mais cafonas que já vi, mas não dá: já estou achando incrível. Cada dia descubro uma portinha nova, uma coluna disfarçada, um quarto diferente. É uma experiência e tanto, como se eu dormisse dentro de um museu ou galeria. Meu quarto, assim como muitos outros, é entupido de livros, antiguidades e pequenos "tesouros".

* Os jantares são no jardim da casa, enquanto o frio de verdade não chega. Na minha frente, sempre sentam as Russas. Ao meu lado, um italiano gente-boa, e do outro, um árabe. Inglês é a "língua-franca", mas as vezes vira uma salada de sotaques e costumes que ninguém se entende. Adoro.

* Coloquei algumas fotos do palácio no Flickr!

10 comentários:

Anônimo disse...

Pelamordedeus, diz pra mim que ainda tem um quarto sobrando aí... simplesmente sensacional!
glauco7ribeiro@gmail.com

Bean disse...

Não tem, Glauco, infelizmente... A rotatividade é grande e a cada domingo chegam umas 4 pessoas difrentes! Eles estão "fully booked" até novembro!!!!

Anônimo disse...

morar em um museu não é para qualquer pessoa.........ela tem que ser muito especial......como você é.....

Rê Gallo disse...

Hummm, uma declaração anônima. Very chic.
Cá, vc só não disse como foi parar aí em Londres, na boca do palco e nesse hotel!
Bjs.

Chebel disse...

nossa, muito luxo, tipo, vc mora no museu do kitsch!

Cax disse...

Que máximo!
eu também estaria adorando, descubra todas as passagens secretas para contar pra gente
beijo!!!

Anônimo disse...

Ana, adorei seu blog! li tudo!!! e tudo bem não ter quarto aí no "museu" pra mim, o meu destino quase certo por agora é Angola! acredita??? mas podia ser pior ;)
beijo pra vc!!!

Anônimo disse...

ah... o último coments que chegou aí pra vc foi meu: glauquito! hehehe... nem precisa colocar ele aí não... era só pra vc saber mesmo! mais um beijo.

HelenaN disse...

Pode me chamar de brega: eu AMEI! Vê se posta foto dos outros quartos :)

Bean disse...

estou louca para fotografar todos os quartos, mas preciso ter uma certa intimidade com os moradores, e eles mudam a toda hora!
glauco: Angola? como assim? explica!