segunda-feira, 29 de janeiro de 2007

A Moda é Rock



Engraçado como esse nome tem mais a ver comigo nesse momento, do que antes. Esse lance Morrissey e indie-rock californiano nas passarelas... é mais um lance rock & moda, que "rock É moda".

Há exatamente um ano e nove dias, fizemos a primeira festa de rock no Studio SP, a "A Moda é Rock". Essa aí do flyer acima, que aliás foi feito pelo Fabrício Miranda, DJ residente da Funhouse.

No dia de 20 de janeiro de 2006, tocaram Os Telepatas, Ludovic e Wry. A discotecagem foi dos amigos de Franca, Studio 11.

Em um ano, a festa mudou de nome, virou Rockload, eu fui e voltei, e agora saio de novo. Esses últimos sete meses foram intensos e bem puxados, e percebi que não tenho dado conta mais. É muito difícil fazer tudo sozinha, e a *Cena, vamos combinar, está confusa.

Consegui chamar as bandas de que mais gosto ultimamente, para encerrar a noite bem e não ter decepções. Shows de janeiro:

* Instiga - que foi a surpresa de 2006 (thanx Claudião!)- o show surpresa de Mamma Cadela, Bazar Pamplona (sensacional), Banalizando e Montage.

** E para acabar bem, e também bem sem querer, a última festa minha no StudioSP trouxe os mesmos Os Telepatas e o combo Std11. Com Supercordas fechando a noite com show maravilhoso e tecnicamente perfeito.

É engraçado ver Os Telepatas um ano depois no mesmo palco. Como bem disse o Joy, a banda de sexta era o projeto Telepatas nº35. A banda está se reinventando, os integrantes mudaram, os que ficaram deixaram o shoegazing e viraram mpbistas, a escaleta foi limada, entrou o pandeiro, Stan arriscando mais no vocal, Fabiano deixando um pouco os pedais e investindo mais em guitarras sem distorções, Lirou tocando leve como sempre e mega concentrado, e Ricapancita ali, na cara do gol.
Quer dizer, da banda antiga mesmo, só o nome. Lindo show. Ainda insisto que as vozes estão baixas demais, mas sempre me dizem que "é estilo". Não acho legal ter letra em português e ainda não conseguir entender direito o que se fala... Supercordas driblaram bem esse lance de voz e dá para pegar perfeitamente cada linha.

Rica deu swing ao "projeto telepatas", e tenho certeza que se ele montar uma banda de disco punk, teremos mais um fenômeno CSS por aí. Manda um Rapture, Rica!

* Turma antiga da Funhouse por lá (o Mad Butcher apareceu!), que bom que eles apareceram.

* A noite fica em boas mãos. Miss Ma, ou Marisa Hiddenplace, ou Marisa Only, ou Marisa Mmo. Em tempos de fotolog e blog e lastfm e tals, não sei mais como chamar as pessoas. Fico com "Má". Todos os releases, emails, CDs e afins que eu receber a partir de hoje, vão direto para a caixa dela!

2 comentários:

ju disse...

e eu, tapada, só fui em uma festa sua...quer dizer a primeira eu tb fui, mas não sabia que era sua e ainda perdi os telepatas.
:/

claudio disse...

vou ter saudades