terça-feira, 20 de novembro de 2007

BRMC, Clinic & Arcade Fire

BRMC @ Roundhouse

* Na quinta-feira teve show do Black Rebel Motorcycle Club no Roundhouse, em Camden. Nem parece a mesma banda que tocava "Whatever happened to my Rock n' Roll?": foi um show mais para Cowboy Junkies que Kings of Leon, se alguém conseguir entender o quero dizer. Não sei se existe "country gótico" ou "country-goth", mas é mais ou menos isso. Para desespero das maquininhas digitais, não tem uma iluminação sequer no palco: só o baterista tem um spotzinho atrás dele. Mais nada. Todos vestidos de preto, como sempre, e muitas vezes não dava nem para achar o vocalista. Quando o show pesava, vinha um estrobo tão forte que não dava para olhar para o palco. Vide foto, ou o que restou dela.

* Eu gosto bastante do último disco do BRMC. Mas ao vivo, ele arraaasta o show, porque não tem a ver com as primeiras músicas da banda. As seqüências de músicas "lentas" eram bem longas e com solos (teve até trombone!!!), e os jovens roqueirinhos sujos da frente do palco não tinham paciência. Um careca com cara de jogador de rugby atrás de mim berrava o tempo todo para a banda "acelerar", este sim o pior fã que existe. Ele só se deu por contente quando a "Whatever..." entrou. A pista pegou fogo, mas ainda assim, prefiro o show gótico-folk-arrastado, to ficando velha. =)

* Momentos Coldplay de solos de piano, momento bem desnecessário a la Vanguart com vocalista sozinho no palco fazendo cover de Dylan (meninos, dar aquela gaiteada na voz NÃO é cantar como o Dylan), e pancadaria de bateria no breu.

* Na saída, todos os carros em frente ao Roundhouse estavam com os vidros quebrados. E a gente reclama da Barra Funda, neam. E para completar, três ratazanas estavam fazendo a festa no ponto de ônibus. Whatever happened to Camden Town?

Clinic @ Ally Pally

* O show de abertura do Arcade Fire pelo soft-metal do Clinic foi uma surpresa. A-do-rei e nunca pensei que fosse dizer isso. O Arcade já vinha fazendo um cover de "Distortions" em outros shows, então não foi um convite muito inusitado (dá para ver a versão de Distortions em um show em Portland). Richard Parry (Arcade) estava ao meu lado durante o show do Clinic, com uma latinha fechada de Cachaça 51 - made in Brazil. Acaba o show e ele, na maior tranqüilidade do mundo fala: "Vou me trocar, é a minha vez". Deve ser estranho - e muito bom - fazer parte de uma das maiores bandas do mundo e nunca ser reconhecido.

Arcade Fire @ Ally Pally

* Alexandra Palace tem a cara do Arcade Fire. Eles não poderiam ter escolhido um lugar melhor. Não chega a ser um palácio, como o nome diz, mas é um teatro pomposo e vitoriano, com teto de vidro em alguns cantos. Ele fica no topo de uma colina gelada no norte de Londres. Fazia mais ou menos 3 graus naquela noite, e um ônibus gratuito tinha a bondade de levar os fãs colina acima.

Ne-on Bi-ble, Ne-on Bi-Ble

* O cenário do show Neon Bible em Londres não foi muito diferente do de Leeds, mas festival não é a mesma coisa. O "Ally Pally" (como os londrinos chamam o teatro) estava mesmo parecendo uma igreja, com panos pretos no teto e veludo vermelho por todo o palco. Uma réplica de órgão de igreja ocupava boa parte do espaço, e telões ovais gigantescos foram espalhados pelos cantos.

* A pastorinha berrante brasileira não tem mais a honra de abrir sozinha o show. Agora ela disputa espaço com outros pregadores mais velhos que ela, mas tão bizarros quanto.

* Aqui em Londres, assim como em todos os shows da Inglaterra, o cover foi de "Still Ill" dos Smiths. Sem comentários.

* O final é sempre apoteótico, e "Wake Up", cantada por um mundo de gente, sempre dá aquela vontadezinha de chorar.

3 comentários:

fernanda disse...

adoro clinic!
:)

Gustavo F disse...

eu tbem adoooro Clinic, desde o primeiro single.
mas cover de "Still Ill" deve ser lindo, né? :)

carolina disse...

Essa cover de “Still Ill” é de chorar de tão linda – ainda bem que existe o youtube para salvar os fãs desafortunados. Engraçado que em um espaço de poucos dias, tanto o Arcade quanto o Radiohead fizeram covers dos Smiths. E você é amiga do Richard! Ele parece ser muito fofo! :)