terça-feira, 8 de janeiro de 2008

2008, então?

* 2008 começou com quase 100 reais torrados em cinema. Desde quando um ingresso custa 20 reais, gente? E depois reclamam das carteirinhas falsificadas e dos DVDs piratas??? Sem contar a pipoca, o estacionamento, o refri, o chiclete...

* Fui querer me atualizar nas obras-primas do cinema brasileiro, e deu nisso:

--> $60 reais para: Jogo de Cena, Tropa de Elite e Meu nome não é Johnny. Os $20 deste último eu quero de volta. E os $20 do Tropa, ok, mas até quando filme nacional vai ter som de fundo de parque de diversão? Se não fosse o Lúcio ter decorado as falas do filme, eu não teria entendido nada. Jogo de Cena é bonito, sou fã do Coutinho.

* Um avanço total bombator para 2008 foi que no Ano Novo um amigo resolveu fazer um prato de frutos do mar. Do mar eu só como o sal (e um peixinho frito), e mesmo com a visão deste monstro horrendo, eu fiz a fina e engoli tudo. E gostei!

* A torta de frutas incrível foi uma contribuição da Aline para um jantarzinho pré-festas, e de tão bonita nem dava coragem de cortar:


ps: os outros $40 foram gastos revendo "Viagem a Darjeeling", em pipocas colossais e estacionamentos abusivos.

2 comentários:

Anônimo disse...

Creio que você ainda estava em Londres, quando o CINESESC fez a retrospectiva do cinema nacional com filmes por R$ 2,00 e passaporte para todas as sessões por R$ 30,00. Com exceção de Meu nome não é Johnny' assisti Tropa, Jogo de Cena, Cheiro do Ralo, Saneamento Básico entre outros. Deu um ótimo panorama no cinema nacional de NOV 2006 a DEZ 2007.

Bean disse...

=(
sim, eu perdi isso.
que pena.