quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Carmina Burana @ Royal Albert Hall

* E enquanto vocês se jogavam no TIM Festival no sábado, eu dava continuidade ao meu projeto "Indie Erudito". Fui ver uma ópera pela primeira vez na vida, em um momento quase Julia Roberts em Pretty Woman. "Qua-se" porque não tinha Richard Gere nem colar de diamante, e eu nem chorei de emoção como manda o figurino.

* O cartaz do lado de fora do Royal Albert Hall dizia "MONUMENTAL", uma palavra que vou passar a usar com mais freqüência de agora em diante. Foi mesmo "monumental" e emocionante, apesar de conhecer só aquele trecho que a gente sabe bem qual é. A Ópera começa e termina com ele, ufa, porque não sei bem o que aconteceu no meio tempo. Eu me pegava viajando em pensamentos e fazendo filmes com aquela trilha dramática e só voltava do transe quando o coral de 400 (!!!) pessoas berrava novamente.



* Mudando de assunto:

* Eu quero saber do TIM Festival, povo, vamos lá, DESEMBUCHA! Eu já cansei de ler as resenhas "em cima do muro". Todo mundo achou a Bjork carnavalesca, mas emocionante (se fosse o Carlinhos Brown fazendo a mesma coisa tinha levado garrafa na cabeca, mas ok). Juliette Lewis foi clichê, mas divertiu. Spank Rock alegrou, mas fez confusão sonora. Arctic Monkeys foi rock certeiro, mas seco demais. Killers atrasou mas arrasou.

* Que passa? Quero saber a verdade!!! =)

5 comentários:

Lucasof disse...

Inveja, Tica!
E saudades tb.

Anônimo disse...

Em geral achei tudo meio "pau-mole". Shows e publico cansados, pelo menos em SP.

Hot Chip - achei poderoso. O som estava otimo ate a ja comentada parada, que esfriou os ânimos

Bjork - Eu nao curto nem um pouco entao sou suspeito para falar. Foi a hora da cerveja.

The Licks - Insípido, mas valeu a inteção.

Monkeys - Show politicamente correto, mas sem pegada, muito curto ( 1h ) e presença de palco -13. Nesse quesito lembrou o Kings of Leon de 2005. Essa foi a banda q me fez pagar os 200 pila e esperava muito mais do show. Faltaram algumas musicas classicas e isso aborreceu algumas pessoas.

Killers - Apresentação extremamente afetada, farofeira. Faltou vergonha na cara, se tratando de rocknroll.

Na minha opiniao o maior problema foi a gigante area VIP, que ficava na frente do palco, impossibilitando o grande publico de sentir o show mais de perto. Fora os atrasos e problemas com breja e tal.

Enfim, razoavelmente frustrante, mas valeu o rolê

cheers..

francine costanti. disse...

bjork - arrasa como sempre
juliette and the licks - nada mais do que jogação no palco e batecabelo.
arctic monkeys - just doing their job, over it?
killers - romântico, muito melhor do que ouvir as músicas em casa.
hot chip - consegue animar qualquer zé.

é isso...hahaha
mas me conta dos showzinhos gringos?

bju bean!

Kamille disse...

Poxa, eu escrevi várias coisas sobre curtinha. O único texto mais demorado que fiz foi sobre a Björk, mas capaz de você não curtir, hehe.

Mas vê lá:
Sexta no Rio
http://odia.terra.com.br/blog/pospop/200710archive001.asp#1193679370001

Sábado no Rio
http://odia.terra.com.br/blog/pospop/200710archive001.asp#1193708603001

Björk:
http://odia.terra.com.br/blog/pospop/200710archive001.asp#1193511793001

Ligia Helena disse...

Bean, eu escrevi toda a verdade lá no meu Djarinho! Vê lá: http://djarinho.blogspot.com