domingo, 21 de outubro de 2007

Nos Jornais: Book of Rock & Pop


* O Observer sempre lança algum livrinho de bolso com trívias e curiosidades do rock. O último é esse acima, o "The Observer Book of Rock & Pop", com 112 páginas, que eu tive a paciência de ler durante a semana, entra uma horinha e outra no ônibus.

* O livro traz informações super batidas, mastigadas e regurgitadas por todas as revistas de música que a gente já leu na vida. Há também as resenhas do Guardian sobre discos clássicos, um apanhado das melhores capas de disco, das melhores frases, dos melhores shows e etc. NADA muito surpreendente. É na verdade, uma enciclopédia de bolso para quem começou a se interessar por música agora, e que não sabe a diferença entre Bob Marley e Michael Jackson.

* Algumas atualidades estão ali, claro: tem um capítulo para os EMOS e outro para os indies, tem a Lilly Allen e a Beth Ditto, uma homenagem legal ao John Peel e uma página sobre "cortes de cabelo do rock".

* A "new rave" não entrou no livrinho, mas a Lovefoxxx, sim. Ela está na página que fala sobre "Fashion Victims": os modelitos "mulher-gato" da Lovefoxxx são chamados de avant-garde.

* Eu gosto das informações mais bizarras, aquelas que a gente esquece dois segundos depois que lê e nunca lembra detalhes para contar aos amigos.

* Tipo essas:

- Os Melhores Títulos de Música Country de Todos os Tempos: Eu escolhi "Are You Drinking with Me, Jesus?" by Mojo Nixon; "You're the Reason Our Kids are Ugly" by Loretta Lynn; Did I Shave My Legs for This?" by Deana Carter (ela reclama que se depilou para o gatinho, mas ele prefere ver TV e beber cerveja); e a romântica "She Broke My Heart, So I Broke Her Jaw" by Rick Stanley.

- De onde as bandas tiraram seus nomes: essa página é a mais batida e sem noção. Até a revistinha da Cultura Inglesa nos anos 80 já trazia o porquê dos nomes U2, Led Zeppelin, Pink Floyd e Beatles. Mas eu não sabia do Buzzcocks, apesar de ser bem óbvio. O nome vem de uma expressão em inglês, "bus cock", que se refere à ereção que os homens têm sentados no ônibus "por causa da máquina movida à diesel" (!!!!!). Hã??? A culpa é do diesel.

- A Música Mais Ouvida no Mundo: essa eu também não sabia. Claro, a música mais ouvida no mundo é aquela musiquinha de abertura do Windows 95. Milhões e milhões de pessoas ouvem essa musiquinha várias vezes ao dia todos os dias. Ela tem apenas 3,25 segundos e foi criada por Brian Eno em 1995. Ele recebeu 35.000,00 libras pela mini-ópera, ou R$ 175.000,00. Quando recebeu o contato da agência, a carta pedia uma música que fosse "inspiradora, universal, otimista, futurista, sentimental e emotiva". No final da carta: "ah. ela deve ter 3,25 segundos". Os Rolling Stones acabaram ganhando 100 vezes mais que o Eno para ter a música "Start Me Up" usada nos comerciais do Windows.

Um comentário:

Kamille disse...

Gente, ADOREI esses títulos de música country. Só isso já valeu a leitura do livrinho, fala a verdade...