quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

Medo do Google. E do Emo.

Sabe aquela ferramenta legal que faz com que você saiba como as pessoas chegaram até o seu site?

Eu adoro.

Sempre anoto as coisas absurdas que as pessoas digitam no Google e acabam caindo aqui.

Há alguns manés que conversam com o Google, o que me deixa preocupada. Conversam mesmo, fazem perguntas existenciais e tudo. Daí, esperam achar a resposta ali e dão de cara com essa página.

Fiz uma pequena listinha TOP 5 de "frases absurdas digitadas no site de busca e que foram redirecionadas para cá":

5- "Como é o nome da atris (sic) que faz a Sandra na novela?"

4- "Tenho cabelo duro mas quero ser emo o que fazer?"

3- "Onde comprar roupa Doce Cabana" --- meu senhor. "Do-Ce Ca-Ba-Na". Que dó.

2- "Quero achar frase romantica pra mim (sic) impressionar uma mina"

1- "Onde compro máquina para depenar frango?"

------------

Povo que quer ser Emo, depenar frango e vestir Doce Cabana: o Google pode fazer muito por você, mas eu não.

-----------

Aliás, no ranking de search deste blog, como eu já disse em algum post, entram SEMPRE buscas por: "Penélope Nova pelada", "risada da Ana Paula Arósio", "genro comendo sogra" ( !!! ) e "maquiagem emo-gotica". Xô, gente.

----------

E por falar em Emo, um canal careta e estranho dos EUA fez uma matéria sobre Emos.

Consegue ser mais aterrorizante que aquela matéria no programa do Gugu, para você ter idéia. Eles levaram tão a sério o negócio, que fiquei até na dúvida se era fake ou de verdade mesmo. Reparem na introdução dramááática ("very dangerous behaviour"). E não pense que eles entrevistam as famílias dos miguxos, não! Aqui, eles falam diretamente com o... Xerife da cidade:



Surreal. Parece coisa de seriado estilo Veronica Mars.

2 comentários:

Angelo disse...

Do you cry? Do you write poetry? Do you drink coffee? Quase dá pra acreditar que é fake, mas depois de ver o Borat...

Bean disse...

eu adoro xerifes de cidades pequenas americanas. nada mais bizarro.